De Ponta Cabeça


20/03/2007


 

Sentimento incompleto


Meu amor não é secreto.
Se fosse,
teria que escondê-lo de mim mesma.

Meu amor é platônico.
Cobre o coração de musgo.
Faz esperar o que não vai acontecer.

O musgo cobre meus olhos.
Agora não vejo,
Só sinto.
Só aguardo, água.

Nostálgica,
Invento um romance.
Me equivoco.
Crio um sentimento para me consolar.
Escrevo um falso futuro
Para saciar a sede dos abraços que não ganharei. 
                                                                                                                                   

Tudo é ilusão.
Talvez eu tenha me esquecido
De regar as raízes dos sonhos.

Preciso de uma semente.
Quero o sentimento inteiro.
Quero vê-lo brotar.
  

           

Escrito por Mariana às 12h29
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: